quinta-feira, 8 de agosto de 2013

A Rainha Vermelha, Philippa Gregory (Civilização Editora)

   Este romance consiste, basicamente, no outro lado da Guerra dos Primos. Pensei que seria uma continuação de "A Rainha Branca" mas passa-se no mesmo período, apesar de começar um pouco mais cedo (1453) e terminar com a vitória do que se tornou o Rei Henrique VII. 
    [Para mais detalhes sobre o período histórico ver o comentário sobre 'A Rainha Branca']
    Desta vez seguimos Margarida Beauford (nome de solteira), a herdeira da casa Lencastre, extremamente devota, cujo único filho com Edmundo Tudor, o seu primeiro marido (quando tinha apenas 13 anos!), viria a ser Rei Henrique VII, herdeiro das casas de Lencastre e de Tudor.
    Considerei-o mais fraco que o anterior, mas, mais uma vez, lê-se bem. São boas leituras para férias.

Sem comentários:

Enviar um comentário